Angola: Como o partido governante tem moldado o nosso pensar coletivo

Por Prof. N’gola Kiluange

Washington D.C -Primeiro, quer queiramos quer não… o espaço político alocado a suposta “oposição de faz de conta” é um dos grandes fiascos políticos criados deliberadamente para a perpetuação do status quo em Angola…

Segundo, basta olharmos para os termos e os procedimentos dos quais essa sociedade foi fundada… para compreendermos – como o poder político e económico maquiavélicos,visível ou invisivelmente, da mão de ferro do partido governante têm moldado o nosso pensar coletivo e sacrificado vidas humanas!

Terceiro, não tenhamos ilusões…as limitações de exercícios cívicos imputadas aos partidos de oposição são aplicáveis à todos os níveis da nossa sociedade…consoante ao bel-prazer e necessidade  de quem dirige esse país…

Quarto, mera coincidência a decisão de interditar o acesso do nosso parlamento e a sociedade civil  à todos contratos firmados entre o nosso antigo e actual  governo com todas  as instituições chinesas,privadas ou estatais?

Quinto, quem de nós, em estado mental e espiritual sã ousaria firmar contrato de mão de obra chinesa barata em troca de empréstimos, sabendo de antemão que isso poderia causar um grande desfalque de empregabilidade no seio da nossa juventude?

Sexto, hoje, por exemplo, os doces e rebuçados já não servem de paliativos à reclamação de distribuição equitativa da riqueza nacional.

Sétimo, ou optamos por uma franca e candida conversa entre nós e a sós (enquanto ainda existe tal oportunidade!) ou a nossa sociabilidade e socialização continuarão extremamente ameaçadas!

Oitavo: a escolha é nossa!

Washington D.C

Prof. N’gola Kiluange ( Serafim de Oliveira)

Prof.kiluangenyc@yahoo.com

————————————————————— English version:

Angola: How the governing party has shaped our collective thinking

By Prof. N’gola Kiluange

Washington D.C – First, whether we like it or not … the political space allocated to the supposed “make-believe opposition” is one of the great political fiascos created deliberately to perpetuate the status quo in Angola …

Second, just look at the terms and procedures from which this society was founded … to understand – how the Machiavellian political and economic power, visibly or invisibly, of the iron hand of the ruling party has shaped our collective thinking and sacrificed human lives!

Third, let us have no illusions … the limitations of civic exercises attributed to opposition parties are applicable to all levels of our society … depending on the pleasure and need of those who run the country …

Fifth, who among us, in a healthy mental and spiritual state, would dare to sign a contract for cheap Chinese labor in exchange for loans, knowing in advance that this could cause a major employability shortage among our youth?

Sixth, today, for example, sweets and candies are no longer used as a palliative for the claim of equitable distribution of national wealth.

Seventh, either we choose a frank and candid conversation between us and alone (while there is still such an opportunity!) Or our sociability and socialization will continue to be extremely threatened!

Eighth: the choice is ours!

Washington D.C

Prof. N’gola Kiluange ( Serafim de Oliveira)

Prof.kiluangenyc@yahoo.com

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange

One thought on “Angola: Como o partido governante tem moldado o nosso pensar coletivo”

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.