Angola: Transparência da dívida pública angolana vs. obrigação moral…

Angola Transparency

Por Prof.N’gola Kiluange

Washington D.C – A opacidade da dívida pública, a falta de integridade moral e uma fraca concertação social, todas entrelaçadas por ironias e paradoxos, espelham a nossa fraqueza espiritual e corroem a passos largos a nossa sociabilidade e a capacidade de amar.

Por se tratar de um comportamento humano, seria benéfico verificarmos aqui como tais conceitos se desdobram dentro da nossa sociedade e consequentemente as influências e implicações externas.

Opacidade da dívida pública

O que terá levado o presidente do Banco Mundial,David Malpass, questionar a falta de transparência sobre a dívida pública angolana na última reunião virtual dos Ministros das Finanças e Governadores do Banco Central do G20 – “Precisamos que os credores e os devedores evitem violações da cláusula de não compromisso nas nossas relações; por exemplo em Angola estamos a aliviar as hipotecas, libertar colateral e reparar a fissura aberta na cláusula de não compromisso…

View original post 1,395 more words

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange (Serafim de Oliveira)

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.