Angola : dívida pública nacional atinge 97% do PIB em apenas 44 anos de governação: BRAVO!

colera

Escute aqui:
https://www.blogtalkradio.com/profkiluangenyc/2019/11/15/angola-um-bom-passeio-ao-vaticano-pelo-presidente-da-repblica–amen?fbclid=IwAR2TfvHppk7a-T2zQRkJL7sASyNsc-4_q6thSXoR4LXXncNUVVzChzg5S9Q

Rádio Angola Unida (RAU) – 142ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola” apresentado no dia 11-14-2019 por Serafim de Oliveira com análises e comentários de Carlos Lopes:

– Durante as cordiais conversações, nas quais foram enfatizadas as boas relações entre a Santa Sé e Angola e a apreciada contribuição da Igreja Católica em muitos setores da sociedade, foi dada especial atenção a alguns aspetos do acordo bilateral assinado no Vaticano, em 13 de setembro passado”, refere uma nota oficial, divulgada pela Igreja Católica. Este acordo, assinado pela Santa Sé e pela República de Angola, define um quadro jurídico das relações entre os dois Estados, reconhecendo a personalidade jurídica pública da Igreja Católica e das suas instituições.

– A Presidência da República angolana anunciou que está em “processo de institucionalização” a Unidade de Monitorização dos Projetos do Executivo (UMAPE), que tem por objetivo acompanhar os projetos de investimento público. Segundo o documento, para a institucionalização da nova unidade, o Presidente da República, João Lourenço, criou um grupo de trabalho que vai delinear as “condições jurídicas, técnicas e materiais necessárias” ao seu funcionamento, grupo esse que será coordenado pelo ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República. A nova unidade, quando constituída, vai criar um sistema de monitorização dos projetos prioritários de âmbito central, alinhar os projetos prioritários dos departamentos ministeriais e dos governos provinciais, organizar as informações sobre o estado de execução dos projetos, e identificar e resolver riscos e constrangimentos verificados na implementação dos projetos. “No prazo de 30 dias, o grupo encarregue de trabalhar para a implementação da UMAPE tem a missão de apresentar ao Presidente da República os projetos de diplomas que devem regular a organização e o funcionamento da estrutura a criar, as normas e procedimentos do sistema de monitorização dos projetos do executivo e todas as demais ações subsequentes que concorram para a operacionalização célere do referido sistema”, frisa o comunicado.

– Angola participa até dia 27 de Novembro, em debates sobre ciência, educação e cultura, centradas este ano no papel do multilateralismo com vista a reforçar a cooperação com a ONU e a França na área de Educação. Estudos realizados pelo Fundo das Nações Unidas Infância dāo conta que Angola tem mais de dois milhões de crianças em idade escolar, mas que nāo beneficiam do direito à educação um problema que o estado angolano esta a tentar resolver aponta o secretário de Estado angolano das Relações Exteriores Domingos Vieira Lopes.

– O Presidente angolano João Lourenço, deposita, nesta segunda-feira, 11, uma coroa de flores na estátua do Fundador da Nação, António Agostinho Neto, no Largo da Independência. O acto marcou o 44o. aniversário da Independência de Angola, cujo acto central teve lugar na Kibala, província do Kwanza Sul, e foi presidido pelo vice-Presidente Bornito de Sousa. As comemorações, no entanto, decorreu em todo o território nacional, sob o lema “Unidos pelo Desenvolvimento de Angola”.segundo o ministro, foi realizado no âmbito de uma parceria público-privada, cujos termos “estão bem claros”, mas cujo modelo ainda está em fase de aprovação e só depois passará para a fase da construção.

Perguntas e sugestões podem ser enviadas para Prof.kiluangenyc@yahoo.com. RAU – Rádio Angola Unida -Uma rádio ao serviço dos angolanos, que não têm voz em defesa dos Direitos Humanos e Combate a Corrupção, em prol de um Estado Democrático e de Direito, apostando no Desenvolvimento sustentável e na dignidade do povo soberano de Angola. Os programas da Rádio Angola Unida (RAU) são apresentados e produzidos em Washington D.C.

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.