Angola: Um Presidente e uma ameaça à nossa estabilidade social

 
·                                                                                                                                           51974699·

 

Angola: Um Presidente e uma ameaça à nossa estabilidade social

  • 4 de Fevereiro de 2014.

Por: Prof.N’gola Kliuange

Washington DC -A máquina selvática de José Eduardo dos Santos que, em nome do povo angolano, negociou o destino de Jonas Malheiro Savimbi com as companhias petroliferas e a ala conservadora americanas – hoje ainda existe de forma dormente na palha de Washington D.C.

É essa mesma máquina que tem alimentado os “encobertos esquadrões da morte” responsável pelos assassinatos cruéis de Ricardo de Melo, Mfulupinga NLando Victor, Alves Kamulingue ,Isaías Cassule, António Belarmino Brito, Manuel Hilberto de Carvalho “Ganga”,etc.

O deplorável em tudo isso é que esse aparelho repressivo faz uso do nosso próprio erário e patrimônio público para cometer crimes contra cidadãos pacatos e indefesos…Afinal de contas as selváticas relações humanas herdadas por Eduardo Dos Santos e seus comparsas mais directos nas lutas de guerrilhas contra o colonialismo – ilustram-nos a magnitude demoníaca desses indivíduos.

Ou seja depositamos confianças cegas nas mãos de governantes cujos carácteres e condutas sociais são altamente questionáveis…E o maior perigo nisso é que todas as “ordens e feitas” recomendadas por esses indivíduos nunca foram supervisionadas por quem quer que seja – cá está a explicação da cultura de impunidade, bingo!

Mas, o maior de todos os riscos dessa (des)República angolana vem da filiação do nosso auto-proclamado presidente com `a Máfia Russa- Chinesa… Dos Santos negociou em nosso nome soberano… Deus sabe que raios, quando, com quem e em que circunstâncias…e então..seguiu-se a chegada massiva de 500 mil chineses…

É que o presidente nem se preocupou em fazer algum estudo piloto no sentido de verificar o empacto dessa migração nos tecidos mais vulneráveis da nossa sociedade – isso em si mostra o caráter maligno de quem se julga ser o pai da naçâo angolana.

E dói ainda mais saber que 90% dos trabalhos feitos por essa mão de obra barata chinesa poderiam muito bem ser feitos – através do uso qualitativo e quantitativo da nossa força de trabalho juvenil ou ex-militares…

Paralelamente, criaram-se também empresas- fantasmas e piratas com o nosso erário público, a título de exemplo: Ediama Sonangol, China Sonangol Finance International Ltd.,ChinaSonangol Gas International Ltd.,China Sonangol International Ltd.,China Sonangol InternationalHolding Ltd.China Sonangol Natural Resources International Ltd., China Sonangol InternationalInvestment Ltd., China Sonangol Natural Resources International Ltd.,Sonangol Sinopec InternationalLtd, China Endiama International Limited, China sonangol singapore, China sonangol shanghaipetroleum co ltd, China sonangol wall street, china sonangol international airlines, Endiama ChinaInternational Holding Ltd,etc.

Empresas piratas no sentido de que as suas respectivas operacionalidades funcionam à margem dos nossos radares econômicos,olhos jurídicos independentes, parlamentar,etc. E… até porque têm a benção e a conivência da Casa Civil da Presidência da República…

Quando, por exemplo, Xu Jinghua gaba-se publicamente que possui bens imobiliários no valor de 36 bilhões de doláres em Angola…pergunta-se: como é possível um Xu Jinghua que de 81 à 94 foi oficial operativo da contrainteligência chinesa em Angola, estando mergulhado no tráfico de armas para o regime de Eduardo dos Santos, agora aparece como proprietário multibilionário…

Contudo, observado de fora, o nosso “fiasco político ” aparenta uma normalidade da sua anomalia…ou seja, projetamos uma imagem distorcida do nosso verdadeiro quotidiano ….e ,ainda por cima, temos o descaramento de contratar estrangeiros com nossos próprios fundos públicos para nos ajudar a engrandecer e colorir essa mentira nas principais capitais europeias, Ottawa e Washington D.C.

A mensagem aqui é muito clara: José Eduardo dos Santos quer continuar a impor-nos sua vontade seja a que preço for!O homem habitou-se por muitos anos a uma governação incontestável a tal ponto de se sentir insubstituível!? É aqui precisamente que reside o nosso maior erro… de termos permitido uma só criatura falar e decidir por todos nós – como se fossemos paralíticos mentais!? E para agravar ainda mais a nossa maldição, somos feitos reféns do status quo da saúde físico mental e espiritual de quem nos governa!!!

Minhas sras e meus srs depositar falsas esperanças no estado de saúde do nosso auto-proclamado presidente –é fazer o jogo da ruleta russa com as almas de quem as nossas rainhas tiveram a honra de parir.

Vivemos momentos incógnitos… a morte súbita de Eduardo dos Santos pode muito bem mergulhar esse País num pântano de sangue jamais ocorrido em toda nossa história…

Antes de permitirmos que circunstâncias desagradáveis nos surpreendam, seria apropriável convocarmos uma conferência nacional com a participação de todas as forças vivas dessa terra mártir.

É urgente mudar para pensarmos em outras soluções ideais… chegamos à fase em que continuar a suportar o regime de Eduardo dos Santos constitui não só uma ameaça para o nosso bem-estar social, mas também perdemos uma oportunidade dourada de alternância civíca e pacifíca.Ou seja, quanto mais esse regime permanece no poder… mais riscos corremos diáriamente de nos mergulharmos numa sangrenta guerra civil!…

O anúncio da aposentação política de Lopo Fortunato Ferreira do Nascimento, entretanto, pode ser interpretada de diferente forma – um homem que, ao fundo do tunel, quer reconciliar-se com a alma e espírito, confessando indiretamente os seus pecados ,ao invés de os levar consigo para a sua própria cova …um gesto em si aplaudível e honrável!

Tomara José Eduardo dos Santos tivesse tal coragem!…não o tem por causa da sua obsessão pelo poder e compromissos com a máfia russa -chinesa…temos sido governados através de mecanismos maquiavélicos e repressivos… para cada um dos seus subordinados imediatos, o nosso presidente usa uma tática coercitiva como forma de os manter acorrentados a si…

Por conseguinte, José Eduardo dos Santos só poderá representar-nos na Casa Branca com o nosso consentimento … sejam quais forem os lobbies e empenhos financeiros para esse propósito, temos a obrigação moral e cívica de partilharmos com o mundo que o nosso auto-proclamado presidente é corrupto-manipulador, mentiroso, hipócrita, mafioso,incompetente, ladrão,etc., e que há muito tempo perdeu a moral cívica de nos governar.

Prof. N’gola Kiluange (Serafim de Oliveira)

Prof.kiluangenyc@yahoo.com

Washington D.C

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange (Serafim de Oliveira)

One thought on “Angola: Um Presidente e uma ameaça à nossa estabilidade social”

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.