Angola: o nosso maior problema é a fome e não a covid-19,perguntem as Nações Unidas!

Angola Transparency

Rádio Angola Unida (RAU) – 164ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola”. Escute aqui: https://www.blogtalkradio.com/profkiluangenyc/2020/04/23/angola-pagamos-aos-clientes-para-nos-comprarem-o-petrleo

  • Angola defende um corte massivo da produção para a estabilização dos preços do petróleo no mercado internacional, avança o Jornal de Angola, em referência à reunião de emergência da OPEP+ que junta, esta quinta-feira, por vídeo-conferência os ministros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e os 10 produtores não associados liderados pela Rússia, entre outros. A expectativa dos mercados é que possa vir a ser acordado um corte de cerca de 10 milhões de barris por dia, número apontado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a semana passada e secundado pelo presidente russo, Vladimir Putin. “A posição angolana representa uma escolha num espectro em que, em oposição a uma tão elevada redução, que tem subjacente um pesado corte da quota de produção do país, está a prevalência do petróleo…

View original post 1,367 more words

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange (Serafim de Oliveira)

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.