Angola:era uma vez a renegociação das nossas dívidas contraídas com o petróleo…

archer-jlo

 

Rádio Angola Unida (RAU) – 123ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola”,apresentado no dia 05-02-2019 por Serafim de Oliveira com análises e comentários de Carlos Lopes:
– O Presidente da República de Angola vai fazer uma visita de trabalho as Províncias do Namibe e Cunene, dia 3 e 4 de Maio, após enviar um auxílio de 200 Milhões de USD e depois de ter afirmado que em Angola não há fome. O Fundo das Nações Unidas para a Infância alertou para a “inadequada resposta humanitária” destinada a combater os efeitos da seca no sul de Angola, sinalizada como uma emergência desde janeiro de 2019.
– A consultora FocusEconomics reviu em baixa a previsão de crescimento da economia de Angola para este ano, reduzindo para cerca de metade a estimativa de expansão da economia, de 1,3% para 0,6%, e a consultora Economist Intelligence Unit (EIU) considera que a revisão da previsão de crescimento de Angola, para 0,4% este ano, mostra “as contínuas fraquezas na economia” e alerta para o tempo que as reformas demoram a surtir efeito. Enquanto um responsável do Banco Mundial indicou hoje, em Luanda, “não ter dúvidas” sobre os bons resultados previstos nas reformas económicas em curso em Angola e manifestou a disponibilidade para apoiar “sem limites” a diversificação da economia no país.
– A vice-presidente do MPLA afirmou que o país está a viver um “momento sublime” na sua História, em que são necessários “verdadeiros patriotas” para apoiar o processo de combate à corrupção, quando discursava na abertura da “Campanha Pública de Moralização da Sociedade”, iniciativa do MPLA.
– O Presidente angolano aprovou um decreto em que prevê a disponibilização de 21.000 milhões de kwanzas (58,3 milhões de euros) para combater o desemprego, dando cumprimento à promessa feita em 2017 de criar 500.000 empregos na legislatura.
– A proposta de lei sobre a Institucionalização das Autarquias Locais, aprovada na segunda-feira, estabelece também os princípios e regras para seleção inicial dos municípios que vão beneficiar das primeiras eleições autárquicas. O diploma teve seis votos contra, cinco da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE) e um da UNITA. Houve ainda seis abstenções, da UNITA, da CASA-CE e do Partido de Renovação Social (PRS).
RAU – Rádio Angola Unida – Uma rádio ao serviço dos angolanos, que não têm voz em defesa dos Direitos Humanos e Combate a Corrupção, em prol de um Estado Democrático e de Direito, apostando no Desenvolvimento sustentável e na dignidade do povo soberano de Angola.Os programas da Rádio Angola Unida (RAU) são apresentados e produzidos em Washington D.C. Prof.kiluangenyc@yahoo.com

Escute aqui:

http://www.blogtalkradio.com/profkiluangenyc/2019/05/03/falha-de-comunicao-entre-o-poder-central-e-provincial-leva-jlo-ao-cunene

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.