Angola: era uma vez o endividamento público,a política de contenção e o crescimento efectivo da economia..

colera

Rádio Angola Unida (RAU) – 122ª Edição do programa “7 dias de informação em Angola”,apresentado no dia 04-25-2019 por Serafim de Oliveira com análises e comentários de Carlos Lopes:
– Publicado segunda-feira no Jornal de Angola, o edital do Tribunal Provincial de Luanda convoca as empresas Geni e Portmil e os gestores Álvaro Sobrinho e Carlos José da Silva a contestarem um pedido de condenação feito pelo banco que aloja os ativos tóxicos da antiga holding portuguesa no BES Angola.
– O analista que acompanha a economia de Angola na consultora Capital Economics considerou que a contração de 1,7% no ano passado é “mais um resultado terrível” e que este ano deverá haver nova queda de 1%.
– Existe um elevado índice de criminalidade em Luanda. Assaltos com agressões, sobretudo para roubar telemóveis e outros valores, e assaltos com arma de fogo podem ocorrer em qualquer lugar a qualquer hora do dia ou da noite. As áreas onde se deslocam os estrangeiros são alvos preferenciais, alerta o Governo de Londres.
– A proposta de lei sobre a Institucionalização das Autarquias Locais, aprovada na segunda-feira, estabelece também os princípios e regras para seleção inicial dos municípios que vão beneficiar das primeiras eleições autárquicas. O diploma teve seis votos contra, cinco da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE) e um da UNITA. Houve ainda seis abstenções, da UNITA, da CASA-CE e do Partido de Renovação Social (PRS).
RAU – Rádio Angola Unida – Uma rádio ao serviço dos angolanos, que não têm voz em defesa dos Direitos Humanos e Combate a Corrupção, em prol de um Estado Democrático e de Direito, apostando no Desenvolvimento sustentável e na dignidade do povo soberano de Angola.Os programas da Rádio Angola Unida (RAU) são apresentados e produzidos em Washington D.C. Prof.kiluangenyc@yahoo.com

Escute aqui:

http://www.blogtalkradio.com/profkiluangenyc/2019/04/26/angola-tutela-de-mrito-vale-a-pena-ir-s-autarquias

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange (Serafim de Oliveira)

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: