Angola: cabe a nós escolhermos como queremos ser governados – e não o contrário!

Angola Transparency

12821428_10208690997693483_8461110217853933139_nAngola:cabe a nós escolhermos como queremos ser governados – e não o contrário!

*(See English version below)

Por Prof.N’gola Kiluange

Washington D.C –O estado deplorável da degradação crescente de todos princípios morais, cívicos e éticos reinante no país reflecte o nível das nossas próprias limitações voluntárias ou compulsórias!

Expressa também o poder da corrupção no meio de tanta penúria e a debilidade física de todas nossas estruturas privadas ou estatais…

Numa só palavra: o nosso subconsciente foi adaptado para servir e respeitar os interesses da máfia do colarinho branco chefiada por José Eduardo dos Santos!

E,muitas vezes, esquecemo-nos de que somos governados por uma criatura cujo intelecto foi moldado subtilmente numa das academias da ex-KGB de Leonid Ilitch Brejnev…

Para mal dos pecados, essa «ingenuidade paliativa» tem-nos custado caro!…

É óbvio que …quem se especializou em contra-inteligência militar na antiga União Soviética não esteve aí para aprendizagem de pronto…

View original post 1,980 more words

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange (Serafim de Oliveira)

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.