Angola: os segredos da máfia russo-chinesa e a familia de José

isabelAngola: os segredos da máfia russo-chinesa e a familia de José Eduardo dos Santos
Por Prof. N’gola Kiluange

Washington D.C –Isabel dos Santos finge confudir habilidades profissionais ou académicas vs. responsabilidade social quanto à gestão do nosso erário público.

Se vivêssemos numa sociedade regida por princípios constitucionais de moralidade e impersonalidade , a filha primogénita de José Eduardo dos Santos seria interdita de exercer cargos públicos por suspeita de envolvimento em vários crimes de tráfico de influência,falsificação,peculato, corrupção activa ou passiva, prevaricação ,malversação, exploração de prestígio, extorsão, falsidade ideological,etc., todos cometidos em nome de seu pai!

E se nos recordamos, o mistério da sua riqueza começa precisamente quando o seu pai ,num encontro em 2000 com Lev Avnerovich Leviev (magnata uzbeque-israelense), Sylvain Goldberg (negociante belga de diamantes),Guy Laniado (comerciante italiano de diamantes), cria a Ascrop com provisões para existência de acionistas ocultos, de acordo com a Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ).

Citando fontes de diplomatas e indústria diamantífera em Luanda na altura,que optaram por anónimato, a ICIJ assegura que a acionista oculta era a filha do Chefe do Estado angolano, através da então Swiss Company TAIS.

E segundo Arcadi Aleksandrovich Gaydamak (bilionário russo-israelense), as iniciais da extinta TAIS correspondiam aos respectivos nomes de Tatiana Kukanova e Isabel dos Santos.

Contudo, Arcadi Aleksandrovich Gaydamak (bilionário russo-israelense), confirmou em várias médias mundiais que as iniciais da extinta TAIS correspondiam aos respectivos nomes de Tatiana Kukanova e Isabel dos Santos.

A filha do Presidente da República assume assim a responsabilidade de gerir a maior fonte de riqueza angolana, depois dos comparsas de seu pai terem sido descobertos de desfalcar o nosso erário público…

A título de exemplo, a participação de Manuel Domingos e Lemos José Maria no Conselho Directivo das seguintes empresas evidenciou as pegadas de Eduardo dos Santos associadas à máfia chinesa liderada por Sam Pa, em conjunto com gente influente pertencente ao Partido Comunista Chinês (PCC):

a.) Endiama China International Holding Limited.

Propriedade: Empresa Nacional de Diamantes de Angola ,E.P. (Endiama) 55%, New Corporate International Limited 45%. Diretoria: Lo Fong Hung, António de Jesus Matias, Zheng Gang, Manuel Arnaldo Sousa Calado.

b.) Global Investments Fund Limited.

Propriedade: Gold Ascent Limited (100%).Diretoria: Lo Fong Hung, Verónica Fung, Manuel Vicente, Francisco de Lemos José Maria.

c.) Sonangol Asia Limited.

Propriedade: China Beiya Escom International Limited 70%, Sonangol ,E.P. 30%.Directoria: Lo Fong Hung, Wu Yang, Manuel Vicente.
d.) Worldpro Development Limited.

Propriedade: World Noble Holdings Limited (100%)Directoria: Lo Fong Hung, Manuel Vicente, Francisco De Lemos José Maria, Moshe Hallak.

No entanto, o suposto chefe do Grupo Queensway 88 foi detido em Pequim no início do ano em curso por suspeitas de corrupção ligadas a Empresa Estatal Química e Petrolífera da China (Sinopec).

Recordemos contudo que a Sinopec , a China International Fund Limited e a Sonangol têm estado envolvidas há mais de 11 anos em actividades ilícitas em Angola, segundo revelam quadros superiores da nossa petrolífera estatal.

Consta que , por exemplo, os seus respectivos negócios opacos no nosso mercado petrolífero têm suscitado fortes dúvidas nos credores internacionais, economistas, políticos e empresários nacionais e estrangeiros, etc.

Mas, a maior preocupação é que Isabel dos Santos aparece aqui como “manequim” dos compromissos firmados entre seu pai e a máfia chinesa de Lo Fong Hung, Wu Yang, Zheng Gang,

Verónica Fung,etc., em nome de Xu Jinghua (Sam Pa!), através do envolvimento da denominada “The 88 Queensway Group” no nosso mercado nominal!

Pertencem assim ao conglomerado de empresas desse grupo as seguintes instituições financeiras:

China-Sonangol Internacional, Ediama Sonangol, China Sonangol Finance International Ltd.,China Sonangol Gas International Ltd.,China Sonangol International Ltd.,China Sonangol International Holding Ltd.China Sonangol Natural Resources International Ltd., China Sonangol International Investment Ltd., China Sonangol Natural Resources International Ltd.,Sonangol Sinopec International Ltd, China Endiama International Limited, China sonangol singapore, China sonangol shanghai petroleum co ltd, China sonangol wall street, china sonangol,china sonangol international airlines, Endiama China International Holding Ltd,etc.

O Presidente da República , através do despacho presidencial 154/14, de 11 de agosto de 2014, outorgou um contrato a empresa chinesa China Machinery Engineering Corporation (CMEC) –para construir a central de ciclo combinado do Soyo, na província angolana do Zaire, revelou a Lusa.

A mesma fonte indica ainda que o contrato ia custar cerca de 985,2 milhões de dólares (742 milhões de euros) e “será celebrado, segundo esta autorização presidencial, entre o Ministério da Energia e Águas e a empresa chinesa China Machinery Engineering Corporation (CMEC).”

O maior perigo aqui é a teimosia de José Eduardo dos Santos em continuar a insistir na concessão de contratos não meritórios às empresas chinesas – sem algum concurso público!

Consta por exemplo que 99% dessas empresas estão filiadas directa ou indirectamente ao “The 88 Queensway Group”.

Contudo, num artigo de investigação intitulado “Financiamento enrola projecto de energia” (Funding stalls power project), o periódico The Herald do Zimbabwe acusa a China Machinery Engineering Corporation (CMEC) de não ter conseguido fundos 8 meses depois de ganhar o contracto.

Como a CMEC, várias empresas chinesas de construção… operantes em Angola… ou não dispõem de capital inicial para o financiamento de projectos previamente outorgados pelo Governo …ou têm dificuldades em terminar cabalmente os seus contractos.

A China International Fund Limited é um autêntico fiasco dos negócios obscuros da construção chinesa em Angola…

Essa companhia estava encarregue de construir o novo Aeroporto Internacional da nossa capital … depois de realizados trabalhos de nivelamento… os desentendimentos financeiros entre o governo e essa empresa chinesa causaram muitos transtornos ao projecto-a primeira fase da construção deveria estar concluída ainda em 2012 e estava planeada o seu funcinamento operacional em 2015/2016, de acordo com a Wikipédia.

Com a adulteração deliberada de todos os dados estatísticos da compra e venda do nosso petróleo…. e a forma de gestão mafiosa dos lucros provenientes da exploração do nosso crude nacional –ninguém poderá jamais saber de verdade a magnitude do impacto que o açambarcamento desenfreado do nosso erário público virá a ter na segurança social das gerações vindouras!!!

Somos assim reféns das ambições desenfreadas de indivíduos atópicos a realidade angolana e obcecados pelo poder económico , político e militar – desesperados em manter o ” status quo” para se livrar de todos horrendos crimes cometidos principalmente na nossa sociedade!

É inútil pensarmos numa democratização de todas nossas estruturas estatais com pessoas cheias de mãos de sangue associadas aos delitos tradicionais e os crimes de colarinho branco…

Se a primazia da nossa convivência social for o acesso equitativo e gestão onerosa dos recursos naturais – com base no respeito ao pensar diferente, irmandade, Magna Carta nacional, o melhor seria convocar uma conferência nacional com a participação de todas forças vivas dessa (des).

É má-fé e tanta desonestidade intelectual,moral e cívica continuarmos a criar mundos ilusórios nas mentes duma juventude composta por mais de 56% da nossa população.

A escolha é nossa!

Prof. N’gola Kiluange ( Serafim de Oliveira)

Washington D.C

Prof.kiluangenyc@yahoo.com

Dados biográficos:

1.) http://economico.sapo.pt/noticias/isabel-dos-santos-tem-tres-mil-milhoes-investidos-em-portugal_216146.html
Isabel dos Santos has 3000 million invested in Portugal
2.) http://expresso.sapo.pt/economia/2016-03-29-Lisboa-o-segundo-pais-de-Isabel-dos-Santos
Isabel dos Santos passed indirect in Galp for your husband
3.) https://www.icij.org/project/making-killing/influence-peddlers
Dos Santos followed up that meeting in 2000 by creating Ascorp
Outras investigações bibliográficas:
ttp://www.bloomberg.com/quote/1829:HK
http://www.herald.co.zw/funding-stalls-power-project/
China’s China Machinery Engineering Corporation (CMEC) developing the …… company known as China International Fund (aka the 88 Queensway Group …
http://commodities.open.ac.uk/…/Chinese%20Construction%20Co…
http://en.wikipedia.org/wiki/Sam_Pa
http://pt.wikipedia.org/w…/Aeroporto_Internacional_de_Angola

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Author: angolatransparency

-Impulsionar os cidadãos angolanos a questionarem como o erário público é gerido e terem a capacidade de responsabilizar os seus maus gestores de acordo com os princípios estabelecidos na Constituição da República --Boost the Angolan citizens to question how the public money is managed and have the ability to blame their bad managers in accordance with the principles laid down in the Constitution of the Republic-------------- Prof. N'gola Kiluange (Serafim de Oliveira)

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.